Faça você mesmo Descanso para pulso em forma de gatinho^^

Gente esse esquema super fofo e fácil de fazer foi retirado do site Instructables Neste final de semana vou fazer um para mim^^

Etapa 1: materiais

Você vai precisar de pelo menos:
 - Meio metro de tecido
 - Tesoura, alfinetes, linha de bordado.
 - Agulha para bordado e bastidor.
-Enchimento (Arroz para o dorso e patas e espuma ou restos de tecidos para a cabeça)

Etapa 2: molde
Meça o seu teclado, o tronco do gatinho deve ter pelo menos 10 cm a mais do tamanho do comprimento do teclado.
Não há uma medida exata para´patas e cabeça, uma vez que depende do tamanho de seu teclado, portanto tente se basear no esquema abaixo para ter uma noção melhor.

Precisamos planejar as dimensões do nosso gatinho. Agora, Kitty não é extremamente técnico. Basicamente, comece com a medição do seu teclado. Adicionar a largura desejada de seu gato (geralmente em torno de 4 polegadas ou mais). Em seguida, desenhe um pequeno quadrado arredondado para a sua cabeça kitty, (apenas um pouco maior do que o corpo) e um par de pernas e uma cauda. Não se preocupe com que seja perfeito. Teclado gatos são conhecidos pela sua excentricidade.

Etapa 3: O bordado

Depois de tirar as medidas e cortar os tecidos, escolha uma maneira de dar uma cara ao gatinho, bordar é a melhor maneira, mas desenhar também é legal, é só usar uma caneta de pintar tecido.


Etapa 4: cabeça do gato


Corte o rosto de gatinho maior que o tamanho que vc escolheu. Lembre-se de deixar bastante espaço para costurar e duas metades do tecido para juntar. Caso você esteja se perguntando.

Antes de costurar as duas metades juntas, precisamos de algumas orelhas gatinho! Dobre um tecido ao meio e cortar dois pequenos triângulos para os ouvidos. Costure ao longo das bordas das orelhas e transformá-los do lado direito para fora.


Etapa 5 Costurando e depois colocando enchimento na cabeça


Para encher a cabeça do gatinho vc pode usar um enchimento de estopa, ou algodão, ou espuma, vc escolhe.


Etapa6: Patinhas e cauda

Após cortar e unir as partes dos tecidos, para encher, use duas coisas: colocar arroz para dar peso e consistência, e enchimento fofinho da sua preferencia, afinal, você vai descansar os pulsos conforme estiver digitando.


Etapa 7: costurando o corpo
Não é preciso tanta noção de costura, mas neste caso, lembre-se: primeiro encha as patinhas e a cauda, depois coloque-as como na foto e costure,  não se esqueça também das patinhas dianteiras, lembrando de deixar uma abertura para encher o tronco com arroz.




Etapa 8 Enchimento e costurando

Uma vez que é ligado do lado direito para fora, você pode preencher o resto do seu gatinho com arroz. Enchê-lo até que ele fique bom e completo, mas lembre-se, ele não precisa ser um gatinho gordo, apenas um gatinho plano. Depois que ele estiver completo o suficiente, costure o resto.

Etapa 9 Fixando a cabeça

Finalmente, é hora de costurar a cabeça do gatinho no lugar. Coloque-o para que ele apenas se sobreponha aos os braços dianteiros, em seguida, levante a cabeça um pouco e costure-o no lugar.

Etapa 10

Por último, coloque o seu gatinho em cima de seu trono de direito, na frente do seu teclado, como um bom gato descanso de teclado, até que você esteja pronto para começar a trabalhar. Seu rosto alegrar o seu dia cada vez que você usar o teclado, porque você tem que admitir, ele é Adorável.

Se você quiser ver a versão em inglês, clique aqui e baixe o PDF

Comercial show de bola

Quem da geração anos 80 não se lembra do filme Curtindo a vida adoidado?
Abaixo o texto do OhperaBlog explica um pouquinho o vídeo abaixo que muita gente confundiu com uma possível continuação do filme...

Cheio de referências a “Curtindo a Vida Adoidado”, o comercial da Honda para o Super Bowl não é sobre mais um dia off do Ferris Bueller, e sim do próprio Matthew Broderick.
Pode não ser o que você estava esperando depois de assistir o teaser – muita gente acreditou ser a sequência do clássico de 1986 (eu não achei que fosse) – mas é um bom e divertido filme, cheio de nostalgia exatamente para a faixa etária de público que pode comprar uma CR-V 2012. Um insight genial.
A criação é da RP&, com direção de Todd Phillips de “Se Beber, Não Case”. A seguir, somente para internet, a versão estendida do comercial.

Fonte: OhperaBlog

Marcador de livro genial^^

Já pensou em ler um livro sem se preocupar em perder a página que estava lendo? Assista  ao vídeo abaixo e  e conheça  esse marcador de livro criativo, vou fazer um também^^



Albatros bookmarks from Oscar Lhermitte on Vimeo.

Receitas legais: Pastel

Ai ai ai... quantas vezes você já teve vontade de comer pastel e logo neste dia o comércio estava fechado? Tipo domingão de tarde, sabe?
Pois bem, se o problema não é cozinhar e ter um certo trabalho, vale à pena essas duas receitinhas, para poucas e muitas unidades de pastel.



Receita econômica do Panela Terapia

1 colher (sopa) de cachaça (ou outra bebida semelhante)
1 colher (sopa) de óleo
1 colher (café) de sal
1/2 xícara de água morna
1 pitada de açúcar
Receita para maior quantidade:

  • 1 kg de farinha de trigo




  • 1/2 xícara de chá de óleo




  • 1 colher de sopa sal




  • 1 ovo




  • 1/2 dose de aguardente (cachaça)




  • 1 colher de chá de vinagre




  • 250 ml de água




  • O receio é de sua preferência, vale tudo: carne, queijo, mandioquinha, doce de leite... Você escolhe^^

    Outono chegou....Lembranças

    Outono chegou e com ele aquele céu bem limpinho sem muita poluição, aquele vento geladinho do final do dia que nos faz gostar de sentir a sua brisa e curtir aquele lindo pôr do sol que aos poucos vai caindo mais cedo
    Este ano o verão veio rápido e passou ainda mais depressa. O verão só se fez mais presentes em alguns dias quentes sem aquela chuva intermitente que teimava castigar a cidade de São Paulo e outros lugares do Brasil.
    O outono também vem carregado de lembranças da minha infância, adorava ver aquele céu limpo carregado de estrelas que dava para ver da varanda da casa da minha mãe, eu usava a minha boa e velha luneta, adorava apressar a minha amiga para irmos logo a escola que ficava à menos de cinco minutos das nossas casas so para chegar cedo e se sentar na escadaria e trocar idéia com os amigos. Lembro dos bons momentos do ensino médio,  do amigos que eu adorava e que hoje sei de todos eles graças ao Facebook, risos.

    Também tem os amigos presentes, ou quase presentes. Uma grande amiga ganhou nenê em Janeiro e está se saindo muito bem como mãe de primeira viagem, com larga experiência em cuidar de bebês, cuidou dos seis sobrinhos quando eram recém nascidos (todo ano tinha um, hehehe). Eu fiz parte de alguns dias desses em que ela cuidava e isso me ajudou a saber o que é cuidar de um bebê.

    O outono de 2012 aparentemente chegou com hora marcada e foi bem pontual, o dia está mais frio que ontem e o céu de madrugada já ficou com aquela cara de outono (com ventinho frio e sem nuvens).

    Espero que este ano não seja tão conturbado como no ano passado em que o outono nem tinha chegado e já foi dando lugar ao inverno, pois precisamos dessa transição, porque o outono é isso, é uma transição para que possamos nos acostumar, ele prepara a chegada do inverno, nos tráz boas lembranças e ao mesmo tempo nos faz bem...

    O verão está de despedida e que venha o outono!

    O verão cheio de cores, alegria e muito calor está indo embora. Foi bom enquanto durou. Os dias mais longos, o calor, as praias, as roupas de verão, os vestidos floridos. Tudo vai deixar saudades...
    Mas que venha o Outono e nos preencha com novas sensações e que nos traga miutas alegrias^^.

    NASA divulga vídeo mostrando como a Lua é o nosso escudo contra asteróides

    A Lua não só influencia nossas marés, ela nos protege de toda sorte de tragédias. A lua funciona como um escudo para a terra, evitando que a maioria dos meteoros se choquem com ela. O que seria da terra se não fosse a lua? Talvez não existiria a vida na forma que conhecemos.

    Imagens do site http://www.hypeness.com.br/
    
         

    Projeto aqui bate um coração

    Tem coisas que pegam a gente de surpresa e quando fiquei sabendo desse projeto achei o máximo. Aqui Bate Um Coração . Sampa é sempre tão conturbada, as pessoas sempre apressadas, atrasadas, nervosas. Muitas vezes passam pelas ruas e nem notam coisas sutis. Disseram uma vez: Não existe amor em São Paulo! Pois bem, esse projeto faz refletir e tenta mostrar o contrário.

    "Na madrugada do dia 5 de março, 20 amigos colocaram corações de isopor no peito de estátuas da Sé, Anhangabaú, República, Arouche, Ibirapuera e Trianon. O projeto Aqui Bate Um Coração, que pretendia "colocar um pouco mais de amor no cotidiano”, acabou nos fazendo sorrir e refletir."

    Imagem de http://followthecolours.com.br/


    Tailandês recupera cão que havia sido roubado para virar comida

    Não consigo aceitar certos tipos de culturas que para mim não passam de atrasos na evolução humana. Tem gente que come cachorro! China é um dos lugars onde o povo adora comer cachorro e os países vizinhos que se cuidem, existem quadrilhas de contrabando de cães para a venda em restaurantes chinenes. Já vi algumas reportagens sobre a a China e o Vietnã onde os cozinheiros usam de total falta de escrúpulos para matar os animais, que muitas vezes são escolhidos vivos e a dedo pelo cliente do restaurante. Muitos animais são cortados ainda vivos e ficam agonizando enquanto continuam sendo cortados por esses monstros. Como um país que agrega a sua cultura tamanha crueldade consegue ir para frente? Assista o vídeo abaixo e leia a reportagem da folha.


    Vídeo BBC
    Um tailandês que havia perdido seu cão no ano passado recuperou o animal depois de vê-lo na televisão em uma reportagem sobre bichos de estimação que são levados para o Vietnã para virarem comida.
    Veja vídeo
    O tailandês Sompong Lertjitcharoenboon havia perdido o cão Tao Tao durante uma show de fogos de artifícios, que assustou o animal.
    Ele já havia quase desistido, quando viu uma reportagem na televisão sobre a apreensão de um caminhão que transportava 800 cachorros na fronteira entre a Tailândia e o Laos. Uma das imagens mostrou Tao Tao em uma pequena gaiola.
    COMIDA
    O roubo de cães tem se tornado comum na Tailândia. Os animais são levados clandestinamente a países vizinhos, onde a carne canina é parte da culinária. China e Vietnã são os principais destinos.
    Com a proximidade do Ano Novo chinês, no final de janeiro, a demanda por carne canina aumentou bastante, já que a iguaria é bastante popular em banquetes festivos.
    O governo da Tailândia montou um abrigo na cidade de Buriram para receber os animais que são apreendidos. Em apenas seis meses, 2 mil cães já estão no local. Até agora, Tao Tao foi o único que voltou ao seu dono original.
    As autoridades estimam que 25% dos cães no abrigo são roubados. Os demais seriam animais de rua que foram recolhidos pelos contrabandistas.
    A Tailândia tem dificuldade de enfrentar esse tipo de negócio. Roubar bichos de estimação e transportá-los para outro país são crimes segundo a lei, mas recolher cães da rua e praticar crueldade contra animais não são considerados infrações.
    Um cachorro pode ser vendido por até US$ 32 (cerca de R$ 60) na China e no Vietnã. Cães com pelo mais escuro são mais visados pelos ladrões, pois se acredita que sua carne seja superior.
    Fonte: Folha

    Cookies

    Imagem do http://www.griottes.fr/
    Passeando por essa rede mundial encontrei um site Francês muito show cheio de cores e doces.

    Estou com água na boa por esse cookie que parece delicioso.
    Segue a receita traduzida do site Griottes

    Para cerca de 15 bolinhos:

    180 g de farinha
    30 g de cacau em pó
    5 g de bicarbonato de sódio
    Uma barra de chocolate 70% cacau ou meio amargo
    155 g de manteiga amolecida
    120 g de açúcar mascavo
    50 g de açúcar em pó
    3 g de sal marinho
    2 g de essência de baunilha
    ❆ Misture a farinha, cacau, bicarbonato de sódio em um recipiente.
    ❆ Em outra tigela misture a manteiga, açúcar mascavo e açúcar, sal e baunilha.
    Mexa a farinha / com o cacau misturado à manteiga e ao açúcar
    Forme uma bola de massa firme, forma em duas salsichas grandes, cerca de 4 centímetros de diâmetro, e 20 de comprimento.
    Embrulhe-as com papel filme e deixe no refrigerador por alguns minutos.
     ❆ Enquanto isso, corte os quadrados da barra de chocolate
    Corte os rolos em fatias de 2 cm, e organizar as fatias sobre uma assadeira forrada com papel manteiga. Coloque um quadrado de bolachas de chocolate em cima, pressionando ligeiramente
    Asse em forno a 170 ° C por 11 minutos, os cookies não deve ser muito cozido, deixe esfriar!
    se necessário Polvilhe com pedacinhos de doces de rocha quebrada como na imagem acima.

    E é só servir^^

    Gato pedinte

    Hoje na Folha de São Paulo encontrei essa notícia interessante: Sobre um gato, cujo o dono, um músico em londres lançou um livro sobre a aventura de ambos.
    Abaixo informações do livro retirada do site Catsparella.

    James Bowen encontrou o gato Bob  em 2007. O músico de rua estava vivendo em habitações de apoio quando se deparou com o lesionado gato laranja, e cuidou dele com antibióticos e  com a assistência da RSPCA. Uma vez que ele se recuperou, James pensou que nunca iria ver o gato de rua de novo, mas para sua surpresa o felino sociável começou a segui-lo por toda parte, e os dois rapidamente se tornaram inseparáveis. Assim como James certa vez salvou a vida de Bob, o fiel  gatinho gengibre estava fazendo sua parte para devolver o favor.

    James diz que Bob adora ser adorado e interagir com o público, e realmente acha que "ele é um dos meninos." Na verdade, o gato tornou-se tão instalado na estação de Metro Angel que o metro de Londres emitiram-lhe o seu cartão de identificação com foto própria , que James pensa que isso o torna especialmente único: "Eu não vejo cães no metrô com os seus próprios cartões com fotos, você vê? "

    A dupla extraordinária agora tem um livro que será lançado em 15 de março chamada  "A Street Cat Named Bob: How One Man and His Cat Found Hope on the Streets em português: "Um gato de rua chamado Bob: Como Um Homem e seu gato encontraram esperança nas ruas" que conta a história de sua jornada emocionante. Você pode também acompanhar Bob - que parece muito elegante em seu cachecol de tricô - no Twitter @ StreetCatBob para acompanhar seu dia-a-dia.
     Um gato de rua chamado Bob é uma história comovente e edificante que vai tocar o coração de quem lê.

    Não existe prazo para o livro chegar ao Brasil, creio que este é mais dos ótimos livros ingleses que jamais chegarão ao Brasil. Nos resta apenas esperar para ver se uma editora se interessa pelo mesmo.

    Luke MacGregor/Reuters/Folha de São Paulo


    Decoração: o berço dos sonhos

    Passeando pela rede encontrei um site super legal de móveis. O Dave Keune trabalha com móveis de designer arrojados,   esse é o site do fabricante e tem muitas outras coleções de designers lindos de se ver.
    Um dia pretendo ser mãe, e quando tudo tiver nos eixos para sê-la, vou querer inventar algo do tipo deste berço. Achei muito lindo e aparentemente fácil de se construir. Um vídeo lá no final da página mostra algumas partes do berço desmontado e dá para ver que tendo um berço e arranjando as madeiras dá muito bem para encomendar a um marceneiro os cortes corretos^^.
    O berço é como um mini quarto, vem com gavetas para roupas e fraldas, espaço para trocar fraldas e de quebra colocar banheira para dar banho. E quando o bebê crescer, dá para tirar a grade do berço que vira uma cama com gavetas^^.

    Imagens: davekeune.
    Lacquered Plywood Size 1240 x 1700 x 1100 mm

    © Dave Keune

    A house within a house, a room within a room. Nina's House was created out of the need for a separate space for a newborn, without having to renovate or move house entirely. The little house accommodates all the necessities for a baby: a crib/playpen, storage and a place to change diapers. The house is available through planet little.
    Tradução:
    Uma casa dentro de uma casa, um quarto dentro de um quarto. Casa de Nina foi criado a partir da necessidade de um espaço separado para um recém-nascido, sem ter que renovar ou mudar de casa por completo. A pequena casa acomoda todas as necessidades de um bebê: um berço / cercadinho de armazenamento, e um lugar para trocar fraldas. A casa está disponível através do site planet little.

    Profissão: Bibliotecário

     

    Olá amigos!
    Hoje é o dia do Bibliotecário e retransmito um post do meu que escrevi há alguns anos.
    Hoje passo aqui para falar um pouco da minha profissão: Bibliotecária. Pouca gente sabe, mas para ser bibliotecária(o), uma pessoa tem que se formar num curso universitário de Biblioteconomia, só uma pessoa formada (com diploma) pode atuar como Bibliotecário, está na lei e se não for cumprida, dará uma dor de cabeça e tanto para a empresa. Tem muito lugar aí que contrata Auxiliares com curso técnico em biblioteconomia no lugar de bibliotecários, essas pessoas podem até ter capacitação nas rotinas da biblioteca, mas não podem assumir o cargo de bibliotecário.

    Infelizmente existe também a contratação de pessoas que nem o curso técnico possuem, são pessoas que entram jovens num lugar, aprendem a rotina na marra e  nem sabem ao certo o que estão fazendo, só fazem e pronto, essas pessoas em grande parte são culpadas pelo esteriótipo da profissão (aquela tia mal humorada de cóqui, óculos, saião e com mania de dizer Shhhhhhh), graças a esse tipo nada profissional, profissionais reais acabam sofrendo com tal esteriótipo. Mas não dá também para isentar todos os profissionais formados. Alguns, talvez por sinal de fraqueza ou falta de informação, mantém tal esteriótipo só piorando a idéia que as pessoas tem dos bibliotecários.
    Trabalhei na Rede Senai e lá pude ouvir váaaarias vezes: "Nossa, você não tem jeito de bibliotecária, você é legal" - ao ouvir isso eu não sabia se me sentia lisonjeada ou chateada, heheheh. Me senti bem, ao quebrar esse esteriótipo com os estudantes que trabalhei, eles perceberam que a biblioteca é um lugar agradável  e que eles sempre são bem vindos, seja para uma pesquisa, uma leitura ou um bom bate-papo, afinal, não somos robôs e nem devemos agir como tal. Interação com a pessoas é tudo e  provoca um graaaande bem-estar.

    Abaixo, um artigo super show da minha grande amiga Roberta, Bibliotecária e Analista de Mídias Sociais, sobre bibliotecários. Quem quiser conhecer o seu blog é só clicar no título abaixo, tem  uma grande variedade de coisas interessantes.


    Bi-bli-o-te-co-no-mi-a = “ciência que estuda os aspectos do uso e da disseminação da informação através de serviços e produtos informacionais. Trata sobre a análise, planejamento, implementação, organização e a administração da informação em bibliotecas, bancos de dados, centros de documentação, sistemas de informação e sites, entre outros.” segundo a Wikipedia.

    Sim! Bibliotecários minimamente informados sobre o processo de criação de qualquer enciclopédia, não tem absolutamente nada contra a Barsa digital.

    Mas esse post não é pra falar disso. É pra falar de bibliotecários e bibliotecárias porque sinceramente, eu acho um saco o fato de ter tanta gente que sabe tão pouco sobre a minha profissão, mas também não sei se somos totalmente inocentes nessa história.

    Nós, eu inclusive, somos uma espécie que nunca esteve em fase de extinção e, ao contrário do que muitos imaginam, somos encontrados nos mais diversos tipos de habitat, mas dificilmente nos “vendemos” ao mundo. Não moramos em bibliotecas, nem todos somos velhinhas de coque no cabelo e óculos fundo de garrafa (não mesmo!!!), mas dificilmente nos apresentamos assim, ou assim. Mas já que pra tudo existe um começo, foi primeiramente graças ao nosso descaso que professor em desvio de cargo e função virou sinônimo de sala de leitura, depois, foi por nossa causa que a falta de paciência e cara amarrada virou sinônimo de biblioteca pública, até que hoje, pessoas como eu e muitos colegas de profissão acabamos pagando caro pelos erros dessas tendências do passado.

    Ahaa! Mas nem só de tristezas, arrependimentos e vergonha alheia vivemos nós, e quer saber porquê? WE ROCK! Ou, pelos menos, é o que diz a pesquisa que aponta as bibliotecárias como as melhores namoradas dentre todas as profissões! WE REALLY ROCK!

    A melhor parte do post, além da massagem no ego, foi perceber que definitivamente um pouco da visão deturpada que as pessoas tinham sobre nós tem se modificado em meio a um processo de enorme reconhecimento ao valor dessa profissão - tão incrível, diga-se de passagem.

    Agora, pra terminar, eu sugiro que você invista um pouco do seu tempo aprendendo um pouco mais sobre essa e outras profissões da área das Ciências da Informação. Você nem imagina o que pode estar perdendo. ;-)

    Homenagem ao dia do bibliotecário

    Olá amigos, hoje recebi esse lindo catão virtual da editora Panda Books e resolvi colocá-lo aqui no blog.

    Lugar legal para passear: SP Diversões

    Se você curte um bom boliche, aqui vai uma dica super legal para quem mora nas regiões Sul e Oeste de São Paulo: SP diversões.
    Este é um lugar cheio de coisas legais para adultos, claro que você também pode curtir com a família, tem buffet, parque infantil, kart, snooker bar e por aí vai...
    Para conhecer um pouco mais acesse o site deles: http://www.spdiversoes.com.br/
    Você também pode comemorar o seu aniversário numa boa, ou fazer um pacote com os amigos para o boliche ou o Kart.



    A SP Diversões fica  na Rua Santa Rosa Junior, 189 - Butantã - SP (Metro Butantã)
    Tel.: (11) 3726-1006 - (11) 3723-7070
     Funciona de DOMINGO A QUINTA   12H00 ÁS 0H00
    SEXTA-FEIRA ,SÁBADOS E VÉSPERAS DE FERIADO  DAS  12H00 ÁS 04H00

    Uma casa no meio do deserto

     

    casa no desertocasa no desertocasa no desertocasa no desertocasa no desertocasa no deserto

    Olá amigos,
    Passeando pela net vi essa postagem no blog Idéias de Fim de Semana, curti e agora repasso aqui no Blog para vocês, imagine só uma casa luxuosíssima no meio do deserto?
    Segundo o The New York Times, até o próprio casal morador disse que de primeira a vista pareceu estranha, mas que com o tempo foi ficando mais acolhedor e aconchegante. Inclusive Sr. Ercolani disse que durante a noite dá pra ver até o movimento das estrelas, o que me fez ficar pensando como deve ser LINDA uma noite de lua cheia por aí. Imagina, só?
    Essa casa fica em Nevada, Estados Unidos, e tem 1200m2, o que é MUITA coisa. Na verdade, ela não parece tão grande quanto mede, né? O que eu mais gostei da casa inteira foi a iluminação natural. Janelões, portões, clarabóias, tudo. O brancão da decoração ajuda a distribuir essa cor, e os detalhes vermelhos dão o ar quente do deserto. Eu gostei.
    Essa casa não tem ar condicionado, apesar de parecer ficar num lugar tão quente. Ventiladores de teto são suficientes, e eles estão por toda a casa. E, acreditem ou não, o arquiteto não conheceu seus clientes até o final do projeto. Tudo foi resolvido por e-mail. Existe isso, gente? Talvez a casa não tenha a cara dos seus moradores, mas no final das contas ela ficou bem bonita.

    Momento felino: jogos em tablets para gatos

    Gatinhos e a tecnologia touch
    Se você tem um iPad e gatos em casa, você é um felizardo! Abaixo alguns vídeos que mostram gatos brincando com jogos em sua maioria feitos justamente para eles.
    Agora se você tem android e quer ter um joguinho desses, o ideal é fuçar bastante na internet, existem alguns jogos parecidos que você pode baixar no market android. Mas precisa ter um aparelhinho legal com bastante memória e que pelo menos rode flash.













    Relógios legais

    Relógios diferentes e muito interessantes para pessoas que adoram um diferencial em casa.
    O modelo Eye, do designer George Nelson, é da Novo Ambiente. Preço: R$ 1391. Informações: (21) 2523-5468/2513-2255  Foto: Divulgação
    O relógio de parede Flap Prata, disponível na Loja Virtual Laris, tem aro em metal escovado e fundo prata. Mede 30 cm. Preço R$ 135. Informações: (11) 5521-1306  Foto: Divulgação
    O relógio Flock of Butterflies, disponível em Vitra by Riccó, é de metal e madeira laqueada. Preço: R$ 2986,80. Informações: (11) 3081-6100  Foto: Divulgação
    O relógio de parede Forest Black, disponível na Loja Virtual Laris, é de plástico resistente e mede 44 cm x 43 cm. Preço: R$ 298. Informações: (11) 5521-1306  Foto: Divulgação
    O relógio de parede Like Umbrella Chrome, da Kare, é de poliestireno de metal. Mede 1 m x 1 m x 0,06 m. Preço: R$ 367. Informações: (11) 3061-3777  Foto: Divulgação
    O relógio de parede, da Cecilia Dale, é de madeira, mede 70 cm x 99 cm e custa R$ 1389. Informações: (11) 3064-2644  Foto: Divulgação
    Uma opção retrô da Imaginarium é o relógio em formato de um disco de vinil. Preço: R$ 54,90. Informações: (11) 3641-9587  Foto: Divulgação
    Para ver mais relógios e saber sobre preços e locais de venda veja aqui

    Mercadoria americana é até 3 vezes mais barata lá fora.

    Olhando a revista veja do dia 7 de março deste ano, li a seguinte reportagem: Pague um, leve dois, três, quatro...
    Que fala dos preços favoráveis lá fora por conta do dólar baixo e dos altos preços dentro do Brasil por conta dos altos impostos.
    Sabia que um Iphone nos EUA sai por 815U$ enquanto que aqui no Brasil sai por U$1650 só por conta dos impostos?
    Tem muito brasileiro viajando lá para fora para se deliciar com os muitos Outlets americanos que trazem preços imbatíveis, onde roupas de marca podem curtar até três vezes menos que as roupas da mesma marca vendidas no Brasil. Clique na imagem abaixo para ampliá-la.
    O problema de comprar fora do país são os riscos com a alfândega, que não revista todo mundo só alguns grupos de felizardos "sortudos" por vez. Se o tal "felizardo" tiver feito uma compra daquelas, com certeza vai ter duas opções: Pagar os impostos de tudo, que as vezes sai praticamente o valor do produto (se você pagou U$800 num produto, poderá pagar até U$800 só de impostos), ou perder tudo para as garras da alfândega.
    Essas leis de impostos do Brasil são uma verdadeira desculpa para o governo ganhar mais e mais dinheiro às nossas custas.
    É uma pena não haver incentivos para que as empresas aqui dentro possam competir realmente com os produtos importados, ou que pudessem vender produtos importados aqui dentro sem acrescentar as altas taxas de impostos, podendo assim aumentar as suas vendas. Já pensou um Iphone 4 completinho por pouco mais de 1600 reais? Ou um Ipad?
    Pena que isso está muito longe de acontecer.


    A comovente história da gata que arriscou a vida para salvar seus filhotes de incêndio

    Scarlett e seu amor infinito


    Foto: Reprodução/Daily Mail
    A história da gata Scarlett era comum até o dia 29 de março de 1996. Ela vivia numa garagem abandonada de um subúrbio de Nova York e alimentava-se de restos de comida que encontrava pelas redondezas.
    Naquela ocasião ela estava com sua ninhada de cinco filhotes quando às 6h do dia 30 de março de 1996, iniciou-se um grande incêndio no local. O bombeiro David Giannelli conta que viu por diversas vezes a gata entrar e sair do local para resgatar seus filhotes e a cada filhote as queimaduras eram ainda piores.
    Em 7 de abril do referido ano, o Daily News de Nova York relata o seguinte: “Quando Giannelli encontrou a gata, ela estava prostrada de dor num terreno baldio ali perto, e aquilo lhe cortou o coração. As pálpebras da gata estavam fechadas de tanto que incharam por causa da fumaça. As almofadas das patas apresentavam queimaduras gravíssimas. A cara, as orelhas e as pernas estavam horrivelmente chamuscadas. Giannelli providenciou uma caixa de papelão onde cuidadosamente colocou a gata e os filhotes. Ela nem conseguia abrir os olhos, disse Giannelli. Mas tocou os gatinhos um por um com a pata, contando-os.”
    Quando chegaram à Liga de Animais North Shore, ela estava morre-não-morre. O relato continuou: “Deram-lhe medicamentos para combater o choque. Colocaram um tubo intravenoso cheio de antibiótico na heróica felina, e, delicadamente, passaram pomadas antibióticas nas queimaduras. Daí, ela foi colocada numa gaiola com câmara de oxigênio para ajudar a respiração, e todo o pessoal da liga de animais ficou em suspense… Em 48 horas, a heroína já conseguia sentar-se. Seus olhos inchados se abriram e, segundo os veterinários, não tinham sofrido nenhuma lesão”.
    Para qualquer animal apenas aproximar-se do fogo já seria algo marcante. Imaginem entrar em meio às chamas por cinco vezes e a cada vez mais difícil que a anterior pelo fato das queimaduras e da intensidade do incêndio. Imaginem o ruído do incêndio, o calor sufocante e falta de ar, a fumaça e tudo o mais. Mesmo assim a heróica bichana não parou em nenhum momento enquanto não retirou seus filhotes.
    Quando a história foi divulgada pela Liga de Animais North Shore o telefone não parava de tocar, pessoas do mundo todo queriam saber do estado da gata e mais de 1500 pessoas ofereciam-se para adotá-la. Scarlett virou um símbolo do amor materno dando uma grande lição em muitas mães modernas que eliminam seus filhos antes de nascer e em outras que os tratam com descuido ou os matam ou abandonam ainda recém nascidos. É a velha história que se repete, os humanos querem ensinar aos animais mas em questão de moral e de amor acabam mesmo é aprendendo.
    O amor materno entre os animais, que os homens costumam chamar de instinto não para por ai. Há inúmeros casos em que mães de uma determinada espécie adotam filhotes de uma outra. Há casos incríveis até mesmo entre inimigos naturais. Mostram que os animais tem um sentido de sobrevivência e de proteção muito além da capacidade de entendimento do ser humano. Talvez só num futuro muito distante é que o homem venha descobrir nos animais a verdadeira sabedoria e o verdadeiro amor cada vez mais esquecido pelos humanos.
    A história da mãe e seus heróicos esforços do felino para salvar os seus gatinhos atraiu a atenção da mídia mundial, mais de 7.000 cartas foram enviadas à Liga de Animais North Shore, oferecendo-se para adotar Scarlett e seus filhotes. Eles finalmente escolheram dividir os gatinhos em dois pares, e os dois pares de gatinhos foram dados para adoção a moradores de Long Island.
    Scarlett mesma foi aprovada com a Karen Wellen. Em sua carta, a Sra. Wellen indicou que, como resultado da perda de seu gato, pouco após ser ferido em um acidente de trânsito ela adotaria animais com necessidades especiais .
    O North Shore Animal League criou um prêmio denominado Prêmio Scarlett Animal heroísmo em sua honra. Este prémio é atribuído aos animais que se envolveram em atos heróicos para beneficiar os outros, se os seres humanos ou animais.
    Scarlett viveu feliz em um lar amoroso com Keren por mais de 10 anos e morreu em 11 de outubro de 2008.
    No Facebook, foi criado o perfil “Scarlett The Cat“, em homenagem à gata heroína.
    Fonte: Defesa dos Animais
    e Anda